sexta-feira, 6 de abril de 2018

GUIADO PELAS ÁGUAS DE DEUS; NUNCA CONTRA ELAS


E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que ele era formoso, escondeu-o três meses. Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio.
E sua irmã postou-se de longe, para saber o que lhe havia de acontecer.
E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; e ela viu a arca no meio dos juncos, e enviou a sua criada, que a tomou.
Êxodo 2:2-5

Introdução: MOISES foi a figura mais importante no antigo testamento e ele foi usado como grande libertador de um povo.
Quando era bebe sua mãe Joquebede confiou em Deus; Havia uma lei no Egito que exigia a morte dos meninos e como não poderia mais esconde-lo ela lançou o menino em uma canoa improvisada para que Deus o guardasse naquelas águas. Ela confiou na bondade de Deus em proteger Moises.
Um tempo novo começa pela confiança na bondade de Deus e a entrega da nossa limitação ao Deus que pode todas as coisas.  Na lógica humana aquilo era muito perigoso, parecia ser um prejuízo, mas a fé é assumir Deus como Pai e confiar em um resultado bom no meio dos nossos problemas.
Guardada a proporção não é diferente hoje nas atitudes que precisamos tomar.
1.       VAMOS PERMITIR Que A VONTADE DE DEUS NOS GUIE
Santidade, dízimo, arrependimento, fidelidade, isso tudo é colocar nossa esperança nas águas de Deus e quando isso acontece o que poderia virar morte foi gerar um encontro com uma pessoa que amou e cuidou de Moises e o preparou no seu propósito em Deus.
Seja conduzido nunca force a condução porque Deus sabe o que você precisa muito mais do que você poderia saber. Acredite que Ele vai te colocar nas mãos corretas e promover encontros divinos. Portas de emprego, casamento, oportunidades de crescimento pessoal, espiritual, Deus está te conduzindo, já até te trouxe hoje aqui nesta célula.
2.       SEJA UMA CRIANÇA NO RIO DE DEUS
O grande sucesso de Moises naquele rio era o fato dele não tentar comandar a direção do barco. Muitas vezes erramos o lugar em Deus porque não permitimos que Ele nos guie. Jesus disse isso com essas palavras:
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe. Mateus 18:3-5

Precisamos nos fazer como meninos. Meninos são dependentes, meninos confiam nos pais, esperam comer, vestir e até os presentes com a confiança de que se os pais tiverem eles também terão tudo, até o que for além das suas necessidades. O nosso Pai é dono do céu e da terra. Vamos confiar!
Precisamos voltar a depender de Deus pois ele sabe nos conduzir no rio dEle.
3.       NÃO CONFIE NA SUA VONTADE
Dois grandes erros de Moises se deram quando ele parou de depender de Deus, veja:
1.       E aconteceu naqueles dias que, sendo Moisés já homem, saiu a seus irmãos, e atentou para as suas cargas; e viu que um egípcio feria a um hebreu, homem de seus irmãos. E olhou a um e a outro lado e, vendo que não havia ninguém ali, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia. Êxodo 2:11,12
Quando achamos que somos homens para dirigir nossa vida pela nossa vontade as dificuldades começam a aparecer. Essa decisão de matar o egípcio custou 40 anos de deserto a Moisés. Nossas atitudes e decisões podem custar muito carro fora da vontade de Deus. Não confie na sua vontade se entregue à vontade do Pai que te guiará até o palácio.
2.       Porquanto transgredistes contra mim no meio dos filhos de Israel, às águas de Meribá de Cades, no deserto de Zim; pois não me santificastes no meio dos filhos de Israel. Pelo que verás a terra diante de ti, porém não entrarás nela, na terra que darei aos filhos de Israel. Deuteronômio 32:51,52

Outro lugar determinante para Moises foi em Meribá, Deus diz para ele tomar a vara (Êxodo 17:5) e ferir a rocha (17:6). Em Refidim Deus manda novamente que ele tome a vara (Números 20:8) e fale à rocha (mesmo versículo). Moisés, então, levantou a sua mão e feriu a rocha DUAS VEZES (Números 20:11).
Aqui vemos que Moises perdeu a paciência com o povo e não se deixou dirigido pela vontade de Deus e quis conduzir as águas da rocha pela força.
Enquanto Moises foi conduzidos pelas águas de Deus ele foi salvo e levado para o palácio, mas quando quis conduzir pelas próprias vontades foi levado para o deserto que virou seu túmulo.
Conclusão: PARE DE SE GUIAR PARA O DESERTO! Viva sempre para a Vontade de Deus. Precisamos entender que a Rocha de Meriba é o símbolo da igreja que foi gerada do ferimento que Cristo recebeu na cruz e dEle saiu o sangue da remissão e a água da purificação. Essa água significa batismo e entrega. Precisamos nos manter batizados e entregues a vontade de Deus para que o sangue de Cristo esteja nos remindo de nossos Egitos espirituais.
Vamos nos entregar!
Oração: .. entrega, rendição, arrependimento e ore também por milagres
Ap. Cassius Marcello

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MULTIPLICANDO PÃES E PEIXES

João 6. 1 Depois disto partiu Jesus para o outro lado do mar da Galiléia, que é o de Tiberíades. 2 E grande multidão o seguia, porque ...